Blog do Flávio Pereira da Cérebro & Comunicação
Celulares 8525-1140 9228-5754 8739-1797 9768-2049

Leitura Dinâmica

Publicado em Leitura Dinâmica & Memorização

Veja os Comentários

11345Leitura Dinâmica é ler com seletividade, compreensão e velocidade. Na Leitura Dinâmica filtra-se a massa de informação.
Busca-se o essencial. Pula-se o supérfluo.
É ser objetivo e ir direto ao ponto.
A Leitura Dinâmica também é conhecida por leitura ativa ou leitura veloz.
É conhecida por leitura ativa porque nela o leitor tem um objetivo claro em mente, aplica maior concentração, tem mais interesse porque identifica os benefícios do texto e assim aproveita ao máximo o tempo.
Na leitura passiva o leitor não sabe por que está lendo exatamente e não identifica benefícios.

Na leitura passiva ou comum o leitor perde a concentração, divaga muito, compreende pouco e não consegue reter mesmo em curto prazo o que leu, por isto tem o vício de voltar a ler o que acabou de ler.

A Leitura Dinâmica é também conhecida por leitura veloz, no entanto não se deve confundir Leitura Dinâmica meramente com leitura rápida, porque se fortalece a idéia falsa de que a Leitura Dinâmica é somente leitura apressada e superficial.  

 A Leitura Dinâmica envolve muito mais características do que a mera velocidade.

 FATORES QUE INFLUENCIAM NA QUALIDADE* DA LEITURA:
 

* QUALIDADE = CONCENTRAÇÃO, PERCEPÇÃO, VELOCIDADE, RETENÇÃO.

Riqueza de vocabulário do leitor. Conhecimento das palavras.

Familiaridade com o texto. Conhecimento específico do leitor sobre o assunto lido.

Cultura geral do leitor.

Capacidade intelectual do leitor. Nível de reflexão sobre o texto.

Idade do leitor. Maturidade. Experiência passada. Aprendizagem prévia.

Capacidade de compreensão do leitor em captar o sentido, o contexto.

Intenção do autor, interesse dominante.

Capacidade para selecionar a essência de um texto. Encontrar o ponto – chave.

Tempo de julgamento / velocidade de raciocínio do leitor.

Capacidade retentiva do leitor. Memória.

Preconceito quanto ao texto ou quanto ao autor.

Inclusão de palavras “boas” e “más”. Carga emocional do leitor em relação aos vocábulos.

Complexidade do texto.

Estilo do autor. Alguns autores não conseguem escrever com clareza e simplicidade.

Amplitude de reconhecimento. Quantidade de informações percebida em cada fixação dos olhos.

Tipo de impressão (forma das letras). Tamanho das palavras.

Estado físico do leitor: fadiga, doenças.

Doenças oculares.

Estado emocional do leitor. Motivação do leitor. Disposição.

Tipo da personalidade do leitor: ativo ou passivo.

Definição de propósito. Intencionalidade. Necessidade. Missão de vida.

Capacidade de concentração. Capacidade em manter a mente livre de interferências.

Grau de expectativa.

Iluminação do ambiente.

Postura do leitor: ler sentado, ler deitado.

Uso de técnicas apropriadas de leitura para cada tipo de texto.

Vícios de leitura.

Capacidade de diferenciar figura e fundo. Reconhecer e reproduzir pormenores.

Capacidade para seguir o fluxo de um texto e identificar os antecedentes que se referem a ele.

Capacidade de derivar significados novos a partir do contexto.

  Capacidade para trabalhar duas ou mais informações ao mesmo tempo.

Texto extraído da apostila do nosso curso de Leitura Dinâmica.

Veja também curso de Memorização em CDs

Veja outros artigos sobre aprendizagem, leitura dinâmica e memorização.

Um abraço

Flávio Pereira

Mais Opções:

Imprima este artigo (Versão para impressão amigável) Assine nosso RSS Palavras-chave: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comente este texto!






Voltar para o Topo