Blog do Flávio Pereira da Cérebro & Comunicação
Celulares 8525-1140 9228-5754 8739-1797 9768-2049

Dinheiro & Autoconfiança

Publicado em Dinheiro & Finanças Pessoais

Veja os Comentários

sem-titulo-5Nas dicas anteriores vimos que na segunda parte da terapia do dinheiro ocorre a libertação dos sentimentos negativos em relação ao dinheiro e os seis passos para a libertação destes sentimentos.

Vimos como reconhecer como os sentimentos negativos  afetam a sua vida financeira.

Hoje vamos ver o segundo passo, como reconhecer o seu MODELO FINANCEIRO negativo e comparar com um modelo sadio.

Darei alguns exemplos de pensamentos negativos que formam o modelo da maioria das pessoas e em seguida apresento o modelo mental correto, o das pessoas prósperas.

 

 “É difícil ganhar muito dinheiro” x o modelo certo: “É fácil ganhar muito dinheiro”.

“Ser rico não é bom”, x  “Ser rico é bom”,

“O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males”, x  “O amor ao dinheiro á raiz da riqueza, empresas, empregos e felicidade”.

 “Não sou bom em ganhar dinheiro”, x  “Sou bom em ganhar dinheiro”,

“Tem coisas mais importantes do que ganhar dinheiro”,  x  ” O dinheiro é tão importante como a saúde e o amor”,

“Não tenho tempo nem dinheiro para começar a investir.”, x  “Organizo a minha vida para ter tempo para a educação financeira e aprender a investir”.

 “Algumas pessoas tem dom para prosperar e outras não”. X  “Tenho todo o potencial para prosperar”.

 E então reconheceu o seu modelo financeiro?

Se o seu modelo é o primeiro, do gênero é difícil prosperar e deseja ser um sábio no dinheiro para atingir a sua independência financeira, você deverá passar para o terceiro passo da terapia do dinheiro; nele você reconhece que tem a opção de ser diferente.

 Diferente da maioria das pessoas. Elas têm miopia ou cegueira financeira. Nada sabem sobre educação financeira. Gastam mais do que ganham. Desperdiçam muito. Compram supérfluos. São influenciadas pela propaganda e tem impulsividade para comprar. Vivem fazendo dívidas e em apuros financeiros. Não tem reservas para emergências nem dinheiro para investir. Vivem imprudentemente o presente. Não se preocupam com o amanhã. Nem tem metas financeiras para prosperar.

 O Sábio do Dinheiro tem um modelo financeiro baseado na autoconfiança e na educação financeira.

 Se você quiser saber mais sobre como ser um Sábio do Dinheiro faça o nosso curso de Finanças Pessoais.

Veja outros artigos sobre Dinheiro & Finanças Pessoais.

 

Ouça aqui dicas para prosperar.

 

Um abraço

 

Flávio Pereira

Mais Opções:

Imprima este artigo (Versão para impressão amigável) Assine nosso RSS Palavras-chave: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comente este texto!






Voltar para o Topo